90 Views |

A moda sensível e afetiva de Silvânia de Deus

Texto: David Marques

 

 Com direito a piano na passarela e show ao vivo da artista cearense Lorena Nunes, a designer cearense, que tem seu ateliê cravado no coração da Praia de Iracema, nos apresentou muito sentimento na passarela. A coleção de Silvânia de Deus vem celebrar, assim como o DFB, sua história na moda. As mulheres que a circulam estão representadas não só nas roupas, mas também aparecem na passarela, convidadas para desfilarem seus corpos reais no DFB 2019.

Foto: Roberta Braga e Chico Gomes

 Toda a coleção é apresentada no decorrer de um dia, o que reflete principalmente nas cores que vemos na passarela, que começa com os tons mais serenos da manhã, explodindo em cores e estampas lá pela metade, mergulhando na profundeza da noite com seus tons escuros, até chegar novamente na manhã. E isso para Silvânia representa um ciclo, um círculo, que vem referenciado na coleção com: bordados, na construção de estampas e nos acessórios. A beleza vem bem natural, com um cabelo desconstruído, bagunçado, cheio de texturas, representando a mulher de Fortaleza com os ventos e a brisa da Praia de Iracema. E para encerrar, a celebração de Silvânia fecha o DFB Festival, que celebrou em 2019 seus vinte anos de história!

Clique aqui e confira as fotos.