113 Views |

Faculdade Ateneu ressignifica materiais e apresenta o Chorume

Por Renato Ferreira | Fotos de passarela: Roberta Braga e Cláudio Pedroso | Fotos de destaque: Nicolas Gondim

De volta ao ciclo: a Faculdade Ateneu trouxe a estética da Central de Abastecimento do Ceará S. A. (Ceasa) para a coleção Chorume, durante o Concurso dos Novos no Dragão Fashion Brasil 2018. Com o conceito do cientista Lavoisier, ‘nada se perde, tudo se transforma’, o desfile apresentou materiais alternativos e ressignificados para a passarela.

Sacos de juta, sacos de cebola, fios de ráfio, lurex, linhas de bordado que estavam parados há algum tempo fizeram parte do mix que compunham as peças apresentadas. O trabalho de desfazer, desmanchar e inclusive tingir com frutas descartadas criou toda a complexidade nas modelagens oversized que se costurava com o patchwork dos jeans.

Com movimentos incrivelmente delineados, os shapes faziam referências orientais super embasados com a paleta de cores pensada no Ceasa. Azul, rosa, vermelho urucum e verde. Os calçados, também produzidos pela Faculdade Ateneu, tinham como sola a borracha de pneus e o revestimento dos mesmos materiais, atrelados a bordados e a mão de obra artesanal.


Enquanto isso, a beleza é uma referência identitária direta aos trabalhadores e feirantes do local. Embora alguns modelos usassem viseiras, o avermelhado ao redor dos olhos marca a fadiga, o cansaço e a luta cotidiana e castigada pelo sol diariamente, na tentativa do sustento econômico cearense.

CONFIRA O DESFILE: clique aqui