1023 Views |

Ivanildo Nunes une design, arte e artesanato em desfile do DFB 2017

Redação: Renato Ferreira |  Fotos: Roberta Braga, Cláudio Pedrosa e Pedro Brago

A partir das esculturas de Naum Garbo, russo de um movimento construtivista, surge a coleção de Ivanildo Nunes no Dragão Fashion Brasil 2017 (DFB). Fios, linhas e movimentos longilíneos, totalmente elegantes, alinhados a técnicas brasileiras, nordestinas e cearenses, mostram que o trabalho do estilista une design, arte e artesanato em uma única apresentação.

Dentre uma luta diária para mostrar ao universo que é possível realizar tarefas a partir de coisas tradicionais, Ivanildo leva o sentimento e transforma os conceitos de Moda em obras-primas cheias de ressignificações. Da clássica à despojada alta-costura, em movimentos sublimes e caminhadas tranquilas, a coleção revelou alma, amor e valorização artística.

Técnicas avançadas de crochet, richelieu, rendas francesa, de bilro e renascença demonstraram o quanto é possível uma estética italiana-vitoriana e a contemporaneidade andarem de mãos dadas – ou amarradas, entrelaçadas. A elegância e o requinte estavam enraizados em cada peça que foi apresentada, variando de tons lavandas, roxos, pretos e findando o branco total da noiva, um dos looks mais icônicos de Ivanildo.

A beleza foi totalmente clean. “Nada foi muito marcado para não ofuscar as obras de arte, que são os vestidos. Os cabelos ganharam formas mais moicanas e clássicas para deixar evidente o trabalho nas roupas”, contou ao DF House.

CONFIRA AS FOTOS DO DESFILE AQUI