68 Views |

Relações duráveis e funcionais: UFC apresenta o Ark

Por Renato Ferreira | Fotos de passarela: Roberta Braga e Cláudio Pedroso | Fotos de destaque: Nicolas Gondim

Mudança, transformação e um novo começo. Expressar os lados subjetivos e contar uma história da população que viveu a escassez de materiais e precisou criar uma relação com a vestimenta durável e transmitisse sua personalidade, este foi o conceito da Ark, a coleção apresentada pela Universidade Federal do Ceará no Concurso dos Novos durante o Dragão Fashion Brasil 2018.

A personalidade que ultrapassa a mente e chega ao corpo expressa todos os lados funcionais dos materiais utilizados em um ciclo de ressignificações. Elementos da alfaiataria criados no algodão, tweed e tule simbolizam a relação natural entre roupa e ser humano. A base da cartela de cores segue um degradê, que passa pelo preto, cinza chumbo, cinza claro, até chegar no branco total.


Também não ficaram de fora as técnicas artesanais, como nervuras realizadas em viés que acompanham as transformações da narrativa do desfile. Os acessórios vieram como caixas acrílicas exibindo tudo, e exatamente tudo o que se tinha por dentro – trazendo a evidência do luxo, do raro, da exibição de posses.

Já a construção conta a trajetória da sociedade como um todo – a classe operária, os comerciantes, os nobres e intelectuais e uma suprema rainha. A beleza traz em sua naturalidade cabelos partidos, com efeito molhado e maquiagens com efeito úmido. 

CONFIRA O DESFILE: clique aqui