224 Views |

Sempre lindo, sempre CEART

Por: Jean D’ Carlo | Fotos: Igor Cavalcante

ENTREVISTADA: Angélica Freitas

Desde 1979, a Ceart (Central de Artesanato do Ceará), que é um programa do governo que ínsita o desenvolvimento do artesanato no estado, desenvolveu 4 patamares pra implementação do projeto, que são capacitação, cadastramento, comercialização e certificação. A certificação gira em torno de um selo, que é alcançado através de qualidade, inovação, logística, responsabilidade social entre outros requisitos que são necessários para que o produto esteja apto pra ser comercializado.

Dentre os estados brasileiros, o Ceará é o único estado que compra a peça do artesão, sem colocar a consignação. Apenas 5% das peças das lojas da Ceart são consignadas.

O labirinto, técnica local, é algo ainda em ascensão, pouco conhecida e muito valorizada, é uma das técnicas desenvolvida pelos artesãos do Ceart e que se encontra exposta em um dos stands do DFB Festival 2018. Vale a pena dar uma conferida, pra uma admiração mais detalhada das técnicas artesãs cearense