175 Views |

Street styles DFB 2018: 360°C de muitos manifestos

Por Renato Ferreira | Fotos: Igor Cavalcante

_
O DFB Festival é um espaço de revelação, de inspiração e manifestação. Nesta sexta-feira, 11, o terminal marítimo de passageiros em Fortaleza recebeu diferentes personas que desfilaram com muito estilo e poder pelo espaço e despertaram nossos olhares. Amamos muito!

_
A resistência de Isis Sousa.

A estudante de moda Isis Sousa, é uma baiana quase cearense que adora evidenciar sua negritude. Ela conta que para o look não tinha o que pensar, só queria tirar a seriedade e a monotonia das roupas do dia a dia. O brinco de patinho amarelo veio também como símbolo de força para deixar o visual mais divertido.

_
A praticidade de Daniela Costa

A Daniela Costa ama gatos e a gente percebeu isso. Ela é jornalista, estudante de cinema e é professora de inglês – uma verdadeira mulher ‘multifuncional’. Os elementos rosa do look é da inspiração da drag queen vencedora do reality show Rupaul’s Drag Race All Stars – 3ª Temporada: “Amo a Trixie Mattel !”, revelou.

_
O estilo de Firmina Miranda

O guarda-roupas da empresária e estudante de moda Firmina, não é nem um pouco vazio. Muito pelo contrário, segundo o que ela contou pra gente. A escolha do look e do estilo que ela trouxe para o festival segue uma tendência que ela tem praticado nos últimos dias: o armário cápsula. “Escolhi uma peça que eu já não usava para dar uma nova vida a ela”, disse.

_
A liberdade de Pablo Caique

Não ligar para o que as pessoas vão dizer é o mantra do estudante de Design – Moda, Pablo Caique. Ele contou pra gente que o look é bem casual e ele o usaria no dia a dia tranquilamente, o que realmente importa é sua atitude. Aprovamos!

_
A transparência de Eduardo Magalhães

A escolha do visual é totalmente dele, mas a peça preferida é a jaqueta metalizada que fez o look inteiro nascer. O estudante Eduardo Magalhães contou pra gente que o importante é se sentir bem consigo mesmo e que se veste como quer – sempre!

_
A potência de Maurício Alexandre

“Preto é básico e acompanha toda a tendência”, contou o estudante de dança e moda, Maurício Alexandre. E a gente concorda, assina embaixo e bate palmas! Ele disse que sempre procura reutilizar alguns materiais, como a corrente que usou e deu todo o charme do look do dia.

_
A inovação de Gabrielle Rodriguez

O resgate e a estilização estão no espírito da arte educadora e estudante de psicologia, Gabrielle Rodriguez. A escolha pelas listras e pelo top veio da observação das trends atuais e a correntinha que acompanha a modelagem da peça de cima deu toda a atenção que merecia. Amamos muito!
E você, montou um look #babado para o DFB 2018? Tira uma foto e marca a gente no Instagram @dfhouse .